Notícias

25 de Abril de 2014 Alter de Chão

Dia 25 de Abril de 2014 - ALTER DO CHÃO

 

Ambiente ao rubro e algum nervosismo para a corrida mais importante que ano após ano

o Grupo tem.... A da Nossa Terra.... O 25 de Abril em Alter !!!!.....

Este ano o desafio eram os Toiros da Ganadaria Palha que não defraudaram as expectativas

pois estavam bem apresentados e todos eles a superar os 500 kg.

Com a praça a apresentar mais de 3⁄4 de entradas, o cartel foi composto por António Teles,

Vítor Ribeiro e João Salgueiro da Costa e ainda, além do nosso Grupo o Grupo de

Montemor.

Antes de entrar em pormenores sobre as pegas do Grupo, saliento que saíram à praça

para a recolha dos toiros após as lides um pseudo-jogo de cabrestos pois estarem lá e não

estarem era a mesma coisa, ou melhor.... a mesma coisa não !.... pois estes até coices

davam........

Para pegar o segundo da ordem e o primeiro que nos calhou, foi chamado um forcado

seguro e experiente, o Dibo. Não defraudou como de costume. Fez tudo como sabe e bem

e ajudado pelo Grupo consumou uma boa pega à primeira tentativa, a qual deixou

satisfeito o nosso AUI a quem brindou com emoção. OLÉ DIBO !

Para a o quarto da ordem e nosso segundo o eleito foi o Gonçalo. Estava com os nervos à

flor da pele. Muitas coisas mal feitas e deu no que deu....uma enorme voltareta. Na

segunda tentativa voltou a ver-se um Gonçalo nervoso que não era o mesmo que já

tínhamos visto pegar por várias vezes de entre as quais um ”cachucho” em Idanha.

Contudo fruto da galhardia e vontade que tem conseguiu fechar-se após aguentar um

enorme derrote e consumar a pega com as ajudas do Grupo. OLÉ GONÇALO.

Para o último da corrida e nosso terceiro, o Elias resolveu mandá-lo para a volta ou seja,

tentar a pega de cernelha. Como acima já referi o jogo de cabrestos não existia mas o Elias

resolveu arriscar com a dupla a ser composta por ele próprio e pelo Jorge (Romeno). Difícil

morosa e complicada é como posso classificar esta pega, ouvindo a dupla toques pela

demora, mas merecendo a condescendência do Diretor de Corrida que verificou que o

mal não era dos Forcados mas sim dos cabrestos que só estavam em praça para complicar

chegando a dar coises nos forcados. Conseguiram entrar à quarta tentativa e executaram

uma cernelha rija debaixo dos aplausos da afición Alterense.

Pró Grupo de Alter...Venha Vinho.... Venha Vinho.... Venha Vinho......

António Dias ( Rêga)